Marcelinho, o Opinioso, comenta: A vitória da McCainfobia

Segurei um pouco esse último post porque estava esperando o resultado das eleições americanas. Sei que todas as projeções indicavam vitória fácil de Barack Obama, mas quando se trata da cabeça de americanos, nada é garantido. Eis oito anos de Bush que não me deixam mentir.

Não acho que seja uma vitória completa e simples de Obama e do grudento slogan “Sim, nós podemos”. Ele tem seus méritos? Tem, claro. Mas também tem tantos problemas que só outros motivos poderiam levar a uma vitória tão completa como foi. Obama é extremamente jovem para um presidente americano, não tem experiênca no Executivo, entende pouco de política externa. Só isso normalmente seria suficiente para derrubar qualquer candidatura, ainda mais em um país como os Estados Unidos. Isso porque nem falei da questão dele ser negro em um país onde milícias interioranas ainda cometem crimes de ódio racial de vez em quando. Já ouvi muitas previsões de que o novo presidente deve ter o mesmo futuro de Martin Luther King e John Kennedy.

Obama ganhou apesar de seus problemas. Mais do que a criação de uma Obamania, o que se criou foi uma McCainfobia. O marketing do candidato democrata fez um bom serviço em colocar o velho republicano como a continuidade do governo Bush, que tantas bobagens fez. Usou, a seu modo, a tática do medo, tão óbvia também na candidatura adversária. Se McCain discursava tentando colocar os americanos temerosos sobre o pouco conhecimento do passado de Obama e suas ligações com pessoas… “esquisitas”, o democrata aterrorizava os eleitores com a possibilidade de mais quatro anos de um governo conservador, adepto de guerras e gastos bizarros.

Os americanos acreditaram que Obama será capaz de resolver a crise que devastou a economia do país, recuperar a imagem dos EUA no exterior, entre outras coisas. Mas mais do que isso, acreditaram na mensagem da mudança, do novo. Obama tem a tarefa, o dever de ser diferente, de fazer o que prometeu, e tem todas as condições para isso. Resta saber se aguentará a pressão. E se viverá para isso.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em O Opinioso comenta

2 Respostas para “Marcelinho, o Opinioso, comenta: A vitória da McCainfobia

  1. E para que ele precisa entencer de política externa? Para os americanos além dos Estados Unidos, nada mais existe… Ou se existe, nem deve ser dado muita consideração…. ^^

    P.s.: o Luis parou de comentar pq está sem internet! XD

  2. Na verdade eu não votei no McCain por causa da Sarah Palin.

    ;D

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s